Blog

As novas tendências de marketing e vendas que você precisa conhecer
Inovação

As novas tendências de marketing e vendas que você precisa conhecer

A evolução da internet e da tecnologia de forma geral tem afetado as nossas vidas em muitos aspectos. Quem trabalha com marketing sabe que os consumidores mudaram muito nos últimos anos. Agora as empresas precisam planejar as suas estratégias de marketing pensando nos consumidores acima de tudo.

Para isso muitas áreas do marketing acabaram precisando se especializar e passar a utilizar os recursos que as novas tecnologias oferecem.

O novo consumidor busca mais informações sobre os produtos ou serviços antes de comprar e analisa vários critérios como preço, qualidade e recomendações antes de decidir se realmente vale a pena investir.

Para conseguir conquistar um número maior de clientes, é muito importante estar sempre por dentro das principais tendências de marketing e vendas. Neste artigo vamos apresentar algumas delas para você começar a implementar na sua empresa agora mesmo.

1 – Alinhamento de marketing e vendas

Para conseguir um alinhamento ideal entre marketing e vendas, ambos os departamentos devem dar suporte um ao outro. O marketing não consegue produzir conteúdo e falar com as personas de forma adequada se não tiver acesso ás informações que os representantes de vendas obtêm nos contatos com potenciais clientes. Assim como o time de vendas não consegue se desenvolver facilmente sem o suporte do marketing.

A tendência é alinhar os objetivos de ambas as equipes. Geralmente o pessoal de vendas tem o primeiro contato frente a frente com os clientes. Trazer o marketing para esse contato faz com que ele também tenha uma ligação com o cliente para coletar informações úteis na hora de desenvolver algoritmos de anúncios avançados para atrair mais compradores.

2 – Chatbots

A ideia de mudar a forma como as empresas se comunicam com a audiência está em todo lugar. E uma das principais formas de fazer isso é através do uso da inteligência artificial.

As conversas por mensagens começaram a fazer parte das ferramentas de vendas modernas. Mas conversar com as pessoas de forma direta não é algo que se faz apenas para descobrir os produtos que essas pessoas estão procurando. É importante também oferecer conteúdos que vão resolver problemas dos clientes de forma que o pessoal do marketing já vinha fazendo com estratégias de conversão e conteúdos inteligentes.

Este tipo de inteligência artificial permite que o pessoal do marketing ponha os pés no chão, garantindo uma conexão entre a sua marca e o consumidor.

No lado do consumidor, os chatbots geralmente são usados para varejo e conversas sobre novidades e publicações (serviço ao cliente e conteúdo). Os seus esforços normalmente consistem no processamento de entradas e na descoberta do que o consumidor gosta antes de oferecer uma mensagem de valor.

Os chatbots estão se tornando formas muito melhores de coletar essas entradas, fazendo as melhores recomendações sem a necessidade de uma requisição direta. Essa é uma melhoria que traz muitas implicações para o marketing B2B e para as vendas.

Fazer as recomendações corretas sem ter alguém para ficar escolhendo é um grande avanço. Será necessário um período de testes para que tudo comece a funcionar corretamente, assim como o Facebook fez com o seu sistema de propagandas. É preciso desenvolver formas para que os clientes aceitem este tipo de contato. Caso contrário isso poderá ter um efeito contrário que irá prejudicar a imagem da empresa.

A medida em que novas tecnologias de inteligência artificial vão surgindo, os profissionais de marketing precisam se adaptar criando conteúdos de valor. Conversas valiosas e recomendações reais são o melhor a se fazer, mas para isso é preciso um tempo de aprendizagem de máquina.

Apesar de ser uma tendência muito presente nos últimos anos, ainda levará um tempo para vermos chatbots realmente efetivos.

3 – Análise de dados e relatórios

Outra tendência que tem crescido muito é a importância dos dados. O crescimento de plataformas como o Slate Analytics mostra o quanto as informações são valiosas tanto para o marketing quanto para as vendas.

Embora o marketing já utilize ferramentas deste tipo a um bom tempo, com foco em impressões e métricas de conscientização, as vendas estão começando a trabalhar de forma mais ampla com dados.

Com esses dados é possível analisar as receitas, a forma que negócios estão sendo fechados e com quem estão sendo fechados, além de compreender quais são os melhores perfis de clientes.

Isso nos leva de volta a tendência de marketing e vendas trabalhando juntos para ajudar e influenciar um ao outro. O marketing pode ajudar o time de vendas a entender como melhorar o seu processo de forma interna e externa, ajudando o time a se focar em formas de utilizar os dados fornecidos e ver como os resultados foram alcançados.

Alcançar metas é algo que nunca vai ser deixado de lado, e tem se tornado cada vez mais importante mostrar a contribuição do marketing nos resultados alcançados.

Atualmente o marketing está menos concentrado nas leads geradas e mais ciente dos ganhos. A necessidade de relatórios mais avançados está crescendo cada vez mais. Antes ainda era muito confuso, pois muitas pessoas não entendiam como relatórios avançados podiam contribuir para os ganhos da empresa. Mas agora as empresas estão mais focadas em reconhecer que podem alcançar determinados resultados e entender como isso foi feito.